Desenvolvimento Pessoal

Por que você está tão perdido e como sair dessa?

Você quer conquistar sua independência e autonomia, finalmente ter dinheiro para fazer tudo que sempre sonhou, se sentir confiante e realizado e ter vontade de acordar todos os dias para fazer o que você ama.

Mas a sua realidade está bem distante da sua expectativa. Você apenas está iniciando sua vida profissional e está mais perdido do que o Wally. Ah, a famosa crise dos 20!

Você não consegue ter clareza de quem você é e muito menos do que gosta. Pensar em futuro é quase tortura e a sua ansiedade manda um alô sempre que você pensa nisso. Parece que todo mundo à sua volta está super decidido e sabe muito bem o que fazer pelo resto da vida (pelo menos, é o que parece no Instagram). Os seus pais e familiares não cansam de botar pressão, mas é claro, eles só querem o seu bem.

Eu costumo pensar que se encontrar é como andar num labirinto sem saída. Ficamos procurando respostas fora, tentando achar uma porta de fuga para todos os nossos questionamentos. E o tempo vai passando e você percebe que todos todos os possíveis caminhos já foram percorridos, não tem mais pra onde ir. Até se ligar que a saída está em você.

O seu lugar no mundo não está num cargo importante numa empresa, não está naquela cidade que você sonha em conhecer, não está num relacionamento, não está nas suas amizades, não está num curso universitário e nem naquela vaga na faculdade federal. O seu lugar no mundo está em você.

Então, como se encontrar?

A seguir algumas respostas à pergunta que não quer calar e dicas para sair dessa.

1. Porque você não sabe do que gostaBLOG - Por que você está tão perdido e como sair dessa 01Na escola, as nossas habilidades e paixões são pouquíssimas vezes exploradas. Por isso, é normal que você não tenha muita noção do que gosta. Uma boa forma de descobrir isso é fazer uma lista de todas as coisas que você adora fazer ao longo do seu dia.

Pense na sua rotina e em todas as suas atividades:

– Que atividades deixam você feliz?
– O que você não gosta de fazer?
– O que você gostaria de fazer mais?
– O que você adoraria aprender a fazer?

2. Porque você não conhece seu propósitoBLOG - Por que você está tão perdido e como sair dessa 02

O seu propósito é seu motivo de estar no mundo. O por que você acorda todos os dias. Ter um propósito é saber que o seu dia valeu a pena.

Geralmente, não somos ensinados a pensar no nosso propósito e por isso vivemos desconectados da nossa própria essência. Parece que os dias só passam e deixamos a vida nos levar.

Se você quer ter uma vida autêntica, que faça sentido e se sentir realizado com tudo que você faz, é preciso conhecer o seu propósito.

Para isso, pense:

– Pelo que você gostaria de acordar todos os dias?
– O que você gostaria de transformar no mundo?

3. Porque você não sabe onde quer chegarBLOG - Por que você está tão perdido e como sair dessa 03

Se você não sabe o que quer, qualquer caminho serve.

Parece que o seu futuro é um grande ponto de interrogação, não é mesmo? Se você concordou (mesmo que balançando a cabeça timidamente #euvi), é porque não faz a menor ideia de onde você gostaria de chegar. O ponto é: se você não sabe o que quer, qualquer caminho serve.

Ter um objetivo claro vai orientar você em todas as suas decisões e atividades. É o que vai direcionar a sua vida a partir de agora. Para isso, responda:

– Qual é a sua grande meta para os próximos 3 anos?
– Qual é o seu grande sonho?

Depois, escreva quais são os passos que você precisa realizar para chegar lá. E, mais importante: faça. Faça mesmo que errado, mesmo que com dificuldade, mesmo que dê medo. Apenas faça.

4. Porque ninguém te ensinou a fazer escolhasBLOG - Por que você está tão perdido e como sair dessa 04

Se você se sente perdido, é porque provavelmente você seguiu o caminho de outras pessoas e fez escolhas que não tem a ver com o que você realmente quer. Você está desconectado de você mesmo.

Para fazer escolhas conscientes e que façam sentido para você, é fundamental (repito: fun-da-men-tal) conhecer os seus valores. Os seus mesmo, não os que foram sugeridos pela sua família, escola ou cultura durante toda sua vida. É sobre você!

– Quais são as coisas que você mais valoriza?
– O que é realmente importante para você na hora de tomar uma decisão?

5. Porque você não conhece de verdade os caminhos que pode escolherBLOG - Por que você está tão perdido e como sair dessa 05

Se conhecer bem é importante. Mas não adianta de nada só olhar para dentro sem olhar para fora. Você precisa entender quais são as suas possibilidades e recursos.

– Que caminhos existem no mundo para chegar onde você quer?
– Quais são as suas opções neste momento?

Depois de pensar nos diferentes caminhos, pesquise e procure mais informações sobre essas opções.

E, claro, se experimente! Você só vai saber se está no caminho quando estiver caminhando. Não se esqueça de mudar a rota sempre que for preciso.

_

Depois de encontrar essas cinco respostas, preciso te dar uma péssima notícia: você vai se perder de novo. E de novo. E de novo. Essa busca nunca vai acabar.

Eu tenho 22 anos e já me encontrei muitas vezes, mas me perdi muitas outras. E tenho certeza que isso ainda vai acontecer em muitos momentos. Só que eu estou bem tranquila sobre isso porque sei exatamente o que preciso fazer para me encontrar de novo.

Ao longo de 2 anos trabalhando com Coaching de Carreira, desenvolvi o FireWork, um programa de escolha profissional e design de carreira para pessoas que querem encontrar seu lugar no mundo e ter um trabalho que seja expressão de quem elas são.

Nesse programa, desenhei um mapa (o Working Map) com todos os passos que você precisa dar r para criar um trabalho que você ame e que faça sentido. Se você quer saber mais, te convido a participar da Experiência FireWork. É gratuita e liberada para quem quiser 🙂

[powr-form-builder id=abac254a_1504902186847]

Algumas dicas bônus para se encontrar:

• Passe mais tempo sozinho fazendo o que você gosta

Durante uma semana, reserve pelo menos 30 minutos do seu dia para fazer uma atividade que faz você feliz. Perceba quais são seus sentimentos e como você age nessa situação.

É normal se sentir vulnerável e incomodado no começo, principalmente se você não costuma ficar muito tempo sozinho. Mas esse momento vai ser importante para que você aprenda a conviver com você mesmo, afinal, são poucas as vezes que nos permitimos estar em paz com quem realmente somos.

• ache a sua turma

Você pode estar se sentindo perdido porque ainda não encontrou gente que pense como você, em que dá pra ser quem você quiser sem se sentir julgado ou incompreendido. Se você está nessa, meu amigo, vem cá dar um abraço porque eu te entendo. Já me senti o patinho feito de muitos lugares, mas descobri que tem sim uma galera que é tão ou mais maluca do que eu e que se importa pelas mesmas coisas.

Para achar gente como você, procure grupos nas redes sociais, eventos e lugares que sejam interessantes para você. Dê preferência para situações novas, que você nunca experimentou antes. E, principalmente, não tenha medo de dar a cara a tapa e puxar uma conversa com outras pessoas.

• descubra o que você tem de melhor

Você é cheio de potencialidades, mesmo que não saiba. Aí dentro há um monte de habilidades e paixões que estão escondidas e você precisa encontrar. Para isso, peça a 3 pessoas próximas e de confiança que respondam às seguintes perguntas:

1. como você me vê?
2. O que você acha que eu faço bem e melhor do que muitas pessoas?
3. Se você pudesse me definir em uma palavra, qual seria?
4. O que você acha que eu deveria melhorar?

Dica de amiga para os envergonhados: se você morre de vergonha de pedir para que outras pessoas respondam essas questões, inventa uma desculpa como “é para um trabalho da faculdade”. Ou então, compartilhe este texto com elas. Elas com certeza vão entender!

Compartilhe!

Comentários

Comentários

Você também vai curtir:

Seja o primeiro a comentar!

Deixe sua mensagem!

RECEBA O SPOILER DO BEM! :)

Quer receber os melhores conteúdos do Descubra seu Sentido, dicas, desafios e presentes exclusivos no seu e-mail? Te cadastra no Spoiler do Bem!
Nome
Idade
E-mail
Não se preocupe, também odiamos spam :)