Descubra-se Desenvolvimento Pessoal

Quando a mente não para e a ansiedade toma conta: 7 ideias criativas para sair dessa


Dá um play aqui para escutar o podcast deste post!


Estou na reta final da minha graduação em Psicologia e, embora eu ame profundamente essa área e queira continuar estudando pra sempre, confesso que estou doida para ter o meu canudo em mãos e ver o que me espera pela frente.

A verdade, é que essa vida de universitária no final de formação não é nada fácil: é horas complementares, disciplinas atrasadas de outros semestres, disciplinas eletivas, estágios obrigatórios (muitas vezes não remunerados), TCC, provas…e por aí vai. Tudo isso somado a um montão de incertezas e à vontade enorme de que chegue logo o dia da formatura. E óbvio, incontáveis momentos de ansiedade.

Acredito que quase todo mundo já passou por situações do tipo: um futuro em branco, completamente incerto e assustador. Preocupações sobre o que está por vir e arrependimentos do que a gente deveria ter feito ou deixado de fazer. A sensação de não saber para onde se está indo e se esse é mesmo o caminho (como se houvesse um único caminho certo). Parece que uma pequena escolha, por mínima que seja, pode mudar o rumo inteiro da nossa vida. São horas de desespero, crises de choro, noites sem dormir e conversas infinitas com amigos e familiares sobre assuntos que eles já cansaram de ouvir. Mas, por maior esforço que seja, a resposta nunca vem e parece que nada vai dar certo.

É exatamente sobre isso o assunto deste post: momentos de ansiedade (que todo mundo passa) e como lidar com eles.

Mas te liga! Existem casos mais graves, em que a ansiedade se torna presente demais na vida de uma pessoa e traz sofrimento para si mesma e para as pessoas à sua volta. Nesses casos, é possível que ela esteja apresentando um transtorno de ansiedade e é muito importante pedir a ajuda de um profissional da saúde (como psicólogo, médico, analista ou psiquiatra), tá bem?

A ansiedade, de uma maneira simples, é o medo ou receio antecipado de possíveis situações desagradáveis ou perigosas. Em outras palavras, é aquele sentimento de que algo muito ruim possa acontecer na nossa vida, mesmo que não tenhamos certeza do que vai acontecer de fato. Cada pessoa lida com ela de uma maneira diferente: alguns comem mais, outros não conseguem dormir, mas em geral, quando você está ansioso, seu corpo tende a ficar mais agitado, o coração bate mais rápido e a sua respiração acelera. Além disso, os seus pensamentos ficam mais descontrolados e você pode ter dificuldade para raciocinar.

Para esses momentos em que bate a ansiedade, aqui vão 7 ideias criativas para sair dessa:

1. Desenhe a sua ansiedade

DSS-blog-ideias-criativas-ansiedade-1

O primeiro que você precisa saber é que você não é ansioso, você está ansioso. Ao tirar esse peso de cima, você vai perceber que a ansiedade aparece em momentos bem específicos. Por isso, é importante que você entenda o que acontece com você nesses momentos.

Antes de qualquer coisa, pare alguns segundos para prestar atenção em você mesmo. Perceba a sua respiração, o seu corpo e as sensações físicas que a ansiedade possa estar causando em você. Foque também nas suas emoções: o que você está sentindo?

Agora, pegue lápis e papel e comece a fazer um desenho que represente a sua ansiedade. Você pode fazer alguns rabiscos, um personagem fictício, ou inclusive um retrato de você mesmo. E pode também usar as cores e formatos que preferir. Aqui vale tudo! Você não precisa ser nenhum artista e nem saber desenhar perfeitamente, muito pelo contrário. Mais importante do que o resultado final, é prestar atenção em você enquanto desenha.

Ao fazer isso, você vai colocar a ansiedade para fora de um jeito legal (sem precisar se irritar e atrapalhar a vida dos outros, como geralmente fazemos), vai também descarregar todas as suas emoções, angústias e preocupações no papel, além de ter mais clareza das suas sensações físicas e dos seus pensamentos.  Ah, e é uma ótima desculpa para voltar a ser criança por alguns minutos!

2. Faça uma carta a você mesmo

DSS-blog-ideias-criativas-ansiedade-2

Pode parecer um pouquinho estranho, eu sei. Mas escrever uma carta para você mesmo, contando como você se sente e o que está angustiando você, é uma boa maneira de elaborar todas as suas preocupações e entender melhor o motivo da sua ansiedade. Escreva sobre os seus problemas atuais e os que podem vir acontecer no futuro, caso nada dê certo. Fale dos seus medos e inquietações e conte como eles estão atrapalhando a sua vida neste momento.

Depois de escrever, leia a sua carta (preferencialmente em voz alta), mas dessa vez com outros olhos. Imagine que você está lendo as palavras de outra pessoa e pense de que maneira você poderia ajudá-la, que conselhos você daria a ela?

3. Escreva o filme da sua vida

DSS-blog-ideias-criativas-ansiedade-6

Você já parou para pensar como seria um filme da sua vida? Esta é a sua chance de criá-lo! Lembre e escreva todas as situações marcantes pelas quais você passou desde criança. O que aconteceu e como você lidou com o que aconteceu? De que maneira as experiências negativas trouxeram algo positivo na sua vida (aprendizados, pessoas, etc), mesmo depois de muito tempo?

Escrever a sua história vai te ajudar a perceber que a maioria dos problemas e situações ruis pelas que passamos, trazem consigo algo positivo. Você vai ver que já enfrentou muita coisa e, por isso, tem toda a capacidade para lidar com seus problemas atuais.

Além disso, você também pode tomar consciência de crenças limitantes (e as necessidades ligadas a elas) que construiu ao longo da sua vida e que podem estar atrapalhando você agora, causando medo, angústia e desconforto. Por exemplo, se você já sofreu uma perda muito grande, é possível que se sinta ansioso agora com a possibilidade de ter novas perdas. Então, você vai compreender quais são os gatilhos, que você criou há tempos (ou inclusive lá na sua infância), que despertam a sensação de ansiedade. E aí, vai perceber que os nossos pensamentos, de fato, criam a nossa realidade. 

4. Volte a ser criança

DSS-blog-ideias-criativas-ansiedade-3

Lembre de algum acontecimento feliz da sua infância, como uma comida gostosa, um cheiro ou uma brincadeira. Pense como era bom aquele momento, aquele lugar e sinta-se de novo ali. Depois, tente reproduzir essa experiência para a sua vida atual. Se a sua brincadeira preferida era o Lego, que tal voltar a montar as peças novamente? Ou então, se você sonhava em ser um super-herói, assista um desses filmes que você adorava.

Com isso, você vai entrar em contato com a criança que existe em você (sim, tem uma criança aí dentro, sabia?) e retomar todas essas paixões que foram esquecidas com o tempo. E, assim, você vai perceber que está tudo bem, assim como quando você era criança e as preocupações eram só papo chato de adulto.

5. Faça uma viagem ao futuro

DSS-blog-ideias-criativas-ansiedade-4

Agora que você entendeu como o seu passado influencia nos seus momentos de ansiedade, está na hora de dar uma olhada para o seu futuro. Imagine que todas essas situações ruins que você acredita que podem acontecer, de fato aconteçam. E aí? O que você faria?

Aqui você vai criar soluções para as possíveis situações que possam acontecer na sua vida. Crie um plano B (e também um C, um D, E, F…e quantos você achar necessário). A ideia, é que você se sinta preparado e tenha uma carta na manga caso as coisas não ocorram como você gostaria. Assim, sabendo que tudo tem solução, você pode dar aquela relaxada e aproveitar o momento presente para curtir a vida!

6. Encha um balão imaginário

DSS-blog-ideias-criativas-ansiedade-5

Em momentos de ansiedade, muitas vezes parece que o nosso coração vai sair pela boca e a respiração acelera demais. Por isso, é importante que você aprenda a lidar e controlar o seu corpo.  

Para fazer isso, você pode fazer um exercício bem simples: imagine que você está enchendo um balão, inspirando pelo nariz e soltando o ar pela boca. Comece com a sua respiração normal (provavelmente mais acelerada) e vá diminuindo aos poucos a velocidade. Perceba o ar entrando e saindo do seu corpo enquanto o seu balão imaginário fica cada vez maior. Foque sua atenção apenas nisso. Faça este exercício por pelo menos 5 minutos e, se quiser, escute junto uma música calma. Ao fazer isso, você não só diminui os batimentos cardíacos e a frequência da respiração, como também aprende a deixar de lado as suas preocupações com o futuro e a viver o presente.

Muitas vezes, pessoas que estão ansiosas podem entrar num ciclo aparentemente sem fim: ficam ansiosas porque estão ansiosas. Sabem que aquilo não é normal, não é saudável e pensam que pode acontecer algo horrível na vida delas se não conseguirem sair desse estado. O grande problema é que isso gera mais ansiedade ainda. Nesses casos, saber controlar a respiração é fundamental.

Existem várias técnicas, como a meditação e o minfulness, indispensáveis para quem está se sentindo ansioso e, hoje em dia, há um montão de aplicativos e sites para conseguir relaxar, aprender a meditar e ser mais feliz. Dá uma olhada neste post que fiz com as minhas dicas de apps.

7. Crie a sua palavra mágica

DSS-blog-ideias-criativas-ansiedade-7

Agora que você já tem uma pequena noção de como a ansiedade age no seu corpo, como e por que surge e o que causa na sua vida, está na hora de criar a sua palavra mágica.

Pense numa frase que faça total sentido para você para repetir sempre que a ansiedade ameaçar aparecer. Pode ser a coisa mais maluca do mundo, não importa. O importante mesmo é que você não a esqueça e esteja sempre na ponta da língua. Ela vai ser o seu mantra!

E se precisar, coloque a frase na sua agenda, na parede do quarto, na tela do seu computador e do celular. A ideia é que você, sempre que olhar para ela, se sinta forte e empoderado para lidar com qualquer problema.

E para quem curte uma sacada mais convencional, aqui estão mais algumas dicas clichês mas que funcionam para aliviar esses momentos de angústia.

• Tome um banho

Acho que não existe melhor remédio para momentos de angústia do que um bom banho. Além de relaxar, é ótimo para ter novas ideias e criar soluções para os seus problemas.

• Converse com alguém

Em vez de querer enfrentar todos os seus problemas sozinho, que tal pedir ajuda? Converse com pessoas que estão passando (ou já passaram) pela mesma situação que você. Troque ideias, experiências e ajuda. Na comunidade da Geração do Sentido, tem uma galera bacana que pode ajudar você, basta entrar grupo no Facebook e pedir um help. 

• Faça atividade física

Não existem dúvidas dos benefícios que mexer o corpitcho proporciona para a nossa mente. Os exercícios físicos fazem com que o nosso cérebro libere algumas substâncias, como a endorfina, que é responsável pela sensação de bem-estar, prazer e felicidade.

• Dê boas risadas

Eu imagino que, em momentos de ansiedade, você não consiga pensar em mais nada além dos seus problemas. Mas deixa eu te contar uma coisa: pensar sem parar não resolve nada. Há quem diga (e eu confirmo) que as melhores ideias e soluções aparecem nos momentos mais inesperados possíveis, geralmente quando estamos calmos e relaxados. Por isso, que tal deixar por um tempo os seus problemas de lado e ir curtir a vida? Aproveite para se divertir e dar boas risadas. Saia para passear, visite amigos, assista seus filmes preferidos ou vídeos engraçados no Youtube. 

• Escute música animada

Pessoalmente, acredito muito no poder da música para resolver qualquer preocupação. Em momentos de ansiedade, que tal escutar uma música bem animada? Se você curte cantar ou tocar algum instrumento musical, tá valendo também! Aliás, vale fazer qualquer coisa que você goste.  

• Coma, mas com sabedoria

Confesso que a coisa que eu mais faço quando estou ansiosa é comer. E eu sei que não estou sozinha nessa não, tem uma galera que também curte uma boa comida em situações mais difíceis. Sou a rainha de atacar o chocolate e os doces, mas percebi o quanto isso estava fazendo mal para a minha saúde. Como eu ainda não estou disposta a abrir mão de todas as minhas comilanças, decidi, pelo menos, prestar atenção a mim mesma enquanto faço isso. Inclusive, gravei este vídeo em que mostro como meditar comendo chocolate – é uma delícia!

O segredo é que você não precisa simplesmente deixar de comer aquelas porcarias deliciosas quando bate o desespero, mas sim, entender o motivo pelo qual você faz isso. Não resista, aceite, compreenda e mude. E aí, naturalmente, a pizza de quatro-queijos vai poder ser facilmente trocada por uma saladinha, ou então, por um belo copo d’água.

• Beba água

Todo mundo já está cansado de ouvir a enorme importância que a água tem para a saúde e bem-estar das pessoas, não é? Pois é, além de tanta coisa boa, vou te contar que ela também ajuda – e muito – a lidar com momentos de ansiedade.

É simples: assim que a ansiedade bater, encha um copo (preferencialmente um bem grandão) com água gelada. Vá bebendo bem devagar, em pequenos goles. Sinta a água entrando no seu corpo. Faça isso até a água do copo terminar.

Resumindo…

7 ideias criativas para sair de situações de ansiedade

1. Desenhe a sua ansiedade

2. Faça uma carta a você mesmo

3. Escreva o filme da sua vida

4. Volte a ser criança

5. Faça uma viagem ao futuro

6. Encha um balão imaginário

7. Crie a sua palavra mágica

Outras dicas comuns para lidar com a ansiedade

• Tome um banho

• Converse com alguém

• Faça atividade física

• Dê boas risadas

• Escute música animada

• Coma, mas com sabedoria

• Beba água

Se você curtiu essas dicas e seguiu alguma delas, deixa teu comentário aqui embaixo e me conta como foi essa experiência 🙂

QUER COLOCAR ESSAS MUDANÇAS EM PRÁTICA?

O Planner • DSS é um guia de desenvolvimento pessoal para ajudar você a ter mais produtividade com autoconhecimento na prática!

 

 

 

Compartilhe!

Comentários

Comentários

Você também vai curtir:

2 Comentários

  • Reply
    Gi Lima Frazão
    23 de abril de 2016 at 17:26

    Que post foi esse?
    Me senti bem só de ler, imagina quando colocar em prática.
    Ansiedade já está igual gripe, esse mundo doido de hoje fez se tornar algo “comum”.
    Acho que a que mais vou gostar de fazer vai ser a do desenho, deve ser difícil exteriorizar algo tão abstrato como a ansiedade, mas acho que deve ser bem divertido.
    Em relação a palavra a minha é Florescer, quando a ansiedade se tornou frequente na minha vida e passou a me atrapalhar de verdade eu “descobri” essa palavra e hoje eu me sinto florescendo, amadurecendo e me conhecendo melhor e tudo começou a partir dessa palavra, inclusive ela é o nome do meu blog, uma variação da palavra, mas mesmo significado.
    Amei seu post e parabéns!! <3 <3

    • Reply
      valentinaricoo
      24 de abril de 2016 at 19:07

      Oi Gi! Fiquei tão emocionada com seu comentário, obrigada! Acho linda a palavra florescer, inclusive é um termo bem usado dentro da Psicologia Positiva (uma área que eu sou mega apaixonada). Posso escrever mais sobre o assunto, o que você acha? Dei uma espiadinha no seu blog também, ele é lindo! Desejo muito sucesso e me dá notícias sobre o seu processo com a ansiedade, tá bem? Beijão!

    Deixe sua mensagem!

    RECEBA O SPOILER DO BEM! :)

    Quer receber os melhores conteúdos do Descubra seu Sentido, dicas, desafios e presentes exclusivos no seu e-mail? Te cadastra no Spoiler do Bem!
    Nome
    Idade
    E-mail
    Não se preocupe, também odiamos spam :)