Descubra-se Desenvolvimento Pessoal

Sou inconformada sim!

Nessa época de final de ano, eu me permiti parar para pensar o quão rápido a minha vida mudou de uns tempos pra cá. Em menos de 6 meses escrevi um livro, criei um blog, um canal no Youtube, um curso online, um Life Planner, uma loja online. Tive o prazer de sentir na pele como é impactar o mundo, mesmo que com pequenos passos. Conquistei sonhos e ajudei outras pessoas a conquistar os seus e nunca antes me senti tão realizada.

Então, comecei a questionar como consegui fazer tudo isso em tão pouco tempo e percebi que eu tenho uma fome voraz de novos desafios. Gosto de pensar na minha vida como um jogo de vide-game. Primeira fase: checked. Partiu para a segunda.

Encontrei na minha zona de desconforto a minha zona de desconforto. É ali que eu gosto de ficar, é esse o meu cantinho especial que me dá a inspiração de cada dia. Chega a ser um processo automático: enquanto mais desconfortável, mais criativa.

Talvez seja por isso que tenho pavor de loja de antiquário. Coisas antigas me remetem àquilo que já passou, ao que foi desconstruído. Embora eu acredite muito no valor do passado como propulsor do presente, a minha relação com a História – que aliás sempre foi um dos meus grandes interesses – se dá muito mais no sentido de entender como foi que vim parar aqui, para então, ter recursos para traçar meu próprio caminho.

Já dizia o químico francês Antonie Lavoisier “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, o que me faz pensar que, se tudo no Universo está em constante transformação, nós, seres humanos também estamos. Há vários anos caiu por terra a ideia de que a personalidade é imutável e hoje sabemos que até o que nos torna quem somos se modifica o tempo todo.

Por isso, tenho tanto gosto por aquilo que é novo – cheirinho de livro novo, quem nunca? – e pelo que é inovador. Eu sou uma inconformada em ação. Não me limito a ser dessas pessoas que ficam sentadas no sofá da casa reclamando das injustiças que assistem na tevê, mas sim daquelas que vivem num movimento constante de aperfeiçoamento e de busca por novas soluções para aquilo que gera desconforto.

Estou sempre querendo mais, querendo ir além. Não penso que a vida seja uma maratona para ver quem chega primeiro no destino final, eu adoro me deliciar com o gostinho de cada passo e aproveitá-lo ao máximo. Mas uma vez que o pé direito toca no chão, sei que preciso levantar o esquerdo. A verdade é que eu sou apaixonada pelo movimento e não quero nunca parar de correr.

Compartilhe!

Comentários

Comentários

Você também vai curtir:

Seja o primeiro a comentar!

Deixe sua mensagem!

RECEBA O SPOILER DO BEM! :)

Quer receber os melhores conteúdos do Descubra seu Sentido, dicas, desafios e presentes exclusivos no seu e-mail? Te cadastra no Spoiler do Bem!
Nome
Idade
E-mail
Não se preocupe, também odiamos spam :)